PARQUE NACIONAL/TEREVIVA PROGRAMA DE CONSERVAÇÃO DO MURIQUI

RELATÓRIO: Expedição 2 DATA: 03/07/2003

*Os nomes dos locais de pesquisas foram preservados por motivo de segurança
Local:

Duração: 24/06/2003 a 02/07/2003

Objetivo: Dar prosseguimento às buscas e observação de muriquis para conhecimento e mapeamento de suas rotas dentro da área do .

Participantes: Regiane, Nicholas, Wilson e Daniel


Expectativas: Tendo como ponto de partida os pontos de observação marcados na expedição anterior e sabendo do potencial que essa área representa em termos de possível rota dos muriquis, pretendemos avançar nas buscas nos dividindo em duplas para poder aumentar as chances de encontro ou até de visualização a grandes distâncias.

Ocorrências:

Ø Avistamento muriquis (contato visual, vestígios de folhas, fezes...)

Data: 25/06/2003
Hora: 10:40 h
Posição: ponto
()
Condições climáticas: Sol com ventos fortes e frios
Descrição da Ocorrência: O avistamento feito por Daniel foi bastante rápido e por isso impreciso de se estimar o tamanho do grupo, mas ele pôde ter contato com 1 indivíduo que se encontrava alimentando.
Tempo de observação: 10 min aproximadamente

Data: 01/07/2003
Hora: 8:34 h
Posição: ponto
()
Condições climáticas: Sol e céu aberto, a mata estava úmida devido à chuva do dia anterior
Descrição da Ocoorência: Um pequeno grupo, 4 machos provavelmente, separou-se do grupo principal e rumou em direção aproximada ao ponto
(). Ao desistir de acompanhar este grupo Nicholas retornou à trilha e então houve o avistamento de um grupo maior do qual provavelmente o pequeno se separou. O grupo maior era composto de cerca de oito ou mais indivíduos, sendo que somente 6 foram efetivamente visualizados, embora pudesse ter alguns outros pela área. Observou-se dentre estes, uma fêmea grande acompanhada de um filhote de aproximadamente 5 ou 6 anos, e ainda 2 machos de médio porte. Houve gravação da vocalização do grupo (relinchos)
Tempo de observação: 45 min aproximadamente

Ø Avistamento outros (primatas, mamíferos em geral, aves...)

Um grupo de 4 ou 5 macacos-prego (Cebus sp.) foi visto na crista do morro que se liga ao Santo Antônio (), na mesma área de avistamento dos muriquis. Eles perceberam a nossa presença e rapidamente seguiram em direção ao rio , saindo do nosso campo de visão.
Além disso, pôde ser observado também 1 indivíduo de quati (Nasua nasua) atravessando o
, e ainda aves como saíra sete cores, jacu, alma-de-gato, etc.

Ø Vestígio de caçadores (presença, antigos ranchos...), pesquisadores, montanhistas...

Antigo rancho de caçadores
Data: 26/06/2003
Hora: 8:00 h
Posição: ponto
()

Dupla de montanhistas em área intangível () do
Data: 29/06/2003
Hora: 12:41 h
Posição: ponto 006 (ver ponto c/ Wilson)

Ø Coleta de material (dados comportamentais, fezes, sangue, tecido...)

 
 
 
Developed by ShoppMídia Internet / Site desenvolvido por ShoppMídia Internet