Investigação Científica estuda morte de Saguis no Nordeste

o

A morte inesperada desde janeiro deste ano de alguns sagüis na região metropolitana do Rio Grande do Norte, especialmente no Parque Estadual das Dunas, em Natal, vem reunindo um grupo multidisciplinar de profissionais, inclusive do Centro de Proteção de Primatas Brasileiros do Ibama, com sede nacional em João Pessoa, para discussão e investigação das causas desta ocorrência.

Trata-se de importante trabalho em conjunto com o Ibama-RN, o Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte-IDEMA, a Universidade Federal e as Secretarias Estadual e Municipal daquele estado, além do apoio do Ministério da Saúde, FUNASA, FIOCRUZ e LACEN-RN.

A pesquisa pretende identificar os agentes patológicos que poderiam estar causando estas mortes para subsidiar a atuação desses órgãos ambientais, principalmente do Centro de Proteção de Primatas Brasileiros. Assim, os resultados vão orientar as melhores decisões sobre o manejo da população selvagem desses animais no município de Natal, bem como no controle sanitário dos sagüis que estão em cativeiro, em zoológicos e outros criadouros.

SITUAÇÃO ENCONTRADA

Segundo o grupo multidisciplinar, os animais encontrados até o momento apresentaram alta debilidade física e hipotermia (baixa temperatura), com lesões da pele no abdômen e face, morrendo em 24 horas depois de contaminados. São indivíduos da espécie de primatas Callithrix jacchus, conhecida como Sagüis-do-Nordeste.

Alguns dos animais encontrados mortos foram necropsiados e tiveram material biológico coletado pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte, para realização de exames diversos em laboratórios especializados. A pesquisa científica continua, pois até o momento não foi apurado nenhum resultado satisfatório que levasse a conclusões definitivas envolvendo o fato.

   
 
Developed by ShoppMídia Internet / Site desenvolvido por ShoppMídia Internet